terça-feira, dezembro 26, 2006

Em nossa casa mandamos nós II

Num jogo que serviu para acertar calendário, a Desportiva não deixou os seus créditos por mãos alheias e impôs mais uma derrota ao rival de Aguiar da Beira.

Os visitantes vinham rotulados como uma das mais difíceis equipas de jogar, o mesmo se veio a comprovar, mas só na primeira parte, a qual ficou ainda marcada pela, prematura, expulsão de Cardoso, após ver o cartão amarelo por duas vezes.

Na segunda os de Aguiar caíram aos pés da Desportiva, só conseguindo chegar a “nossa”grande área, por 4 vezes, e mesmo a jogar com dez, a Desportiva, demonstrou um grande espírito de entreajuda e vontade de vencer.

Não foi por isso de estranhar, que chegássemos ao golo que nos daria a vitória, marcado por Xilipê, após uma intercessão feita por Mário Jorge. Até ao final do jogo ainda houve tempo para mais uma expulsão para a um dos homens de Aguiar.

Uma descida de divisão estará sempre envolta em diversos pontos negativos, mas também terá ao mesmo tempo alguns menos negativos, o exemplo disso é podermos ver mais dérbis regionais, como que vimos no Sábado.

Resultado: ADFA: 1 Aguiar da Beira: 0
Marcadore: Xilipê

Pela solidez defensiva, Perits, foi para nós, o jogador em destaque.







Viva a ADFA !

2 comentários:

Anónimo disse...

Bem haja, ja estava a ficar em pulgas!!!

Nao ha como comecar o ano, a celebrar uma victoria!!!

Um abraco fornense.

Sérgio disse...

Excelente Nomeação para melhor em Campo: o Nosso Grande Peritz(Pedro)!
Um grande jogador, um grande homem, e um execelente amigo!
É destes jogadores que a ADFA deveria ter para sempre!
é pena é q no jornal Nova guarda, e os "jornalistas"(Se é q s podem xamar assim!)não lhe dêm o devido valor!
Para o grande peritz uma grande abraço!(Não m facundes)