quinta-feira, abril 05, 2007

Camadas Jovens - Ponto de situação

Em mais uma pausa nos vários campeonatos que as equipas dos nossos escalões de formação, estão a disputar, é chegada a altura de se fazer um novo balanço de todo o trabalho que se está a desenvolver.

Antes de começar este balanço gostaríamos de realçar um pequeno aspecto negativo que se tem vindo a acentuar de ano para ano, que é a falta de apoio, traduzido na falta de presenças de apoiantes nos jogos de todos os escalões de formação.

Este desinteresse, começa a ser sintomático em tudo o que faz na nossa terra e começa, a nosso ver, a ser preocupante esta falta de mobilização, seja ela no futebol ou noutro qualquer invento. E uma vez que a união faz a força, não é menos verdade que a desunião nos enfraquece a todos.

Voltando ao balanço desportivo das nossas camadas jovens, comecemos então pelos Juniores. Restando ainda disputar 3 jornadas, encontram-se no 6º, com 39 pontos, mas mantendo ainda condições bem reais de chegar ao 3º lugar, uma vez que se encontra a 3 pontos da equipa que o ocupa nesta altura do campeonato. Lembrar só, que este campeonato é constituído por 14 equipas.

Quanto aos Iniciados, a disputar a segunda fase do campeonato distrital, estão inseridos na série B, série esta que permite determinar as classificações finais entre o 7º e o 12º lugar e encontram-se nesta altura na 2ª posição, faltando ainda 3 jornadas.

No campeonato de Infantis, a ser disputado por duas equipas da Desportiva, a primeira, Infantis A, correspondente aos Infantis de 1º ano, está a disputar a 2ª fase, série B, encontrando-se na ultima posição, faltando ainda disputar 4 jornadas. Este resultado, torna-se compreensível, uma vez que os restantes equipas adversárias são essencialmente compostas por infantis de 2º ano, ficando ainda assim a boa imagem que os nossos miúdos têm deixado em alguns dos jogos, não os tendo ganho por manifesta falta de sorte.

Os Infantis de 2º ano, Infantis B, também a disputarem a segunda fase do campeonato de Infantis, série A, encontram-se na 4ª posição a 11 pontos do primeiro, faltando ainda 4 jornadas para a conclusão do mesmo.

Quanto ás escolinhas, continuam a disputar os vários encontros que se tem realizado ao longo do ano, com resultados francamente positivos.

Para além dos resultados desportivos, seria bom ver a outra fase de todo o trabalho que se está a desenvolver, que para além do ensinar a jogar futebol, passa também pelo acompanhamento dos nossos miúdos quer na escola quer na sua vida pessoal. Mas como o que é realçado com mais facilidade são os resultados desportivos, torna-se por vez ingrato a falta de reconhecimento de que os nossos miúdos dão vítimas, restando-lhes o auto regozijo e a auto motivação.

Contamos ter ainda até ao final do campeonato, as fotografias dos vários planteis, o mesmo tem sido difícil de concretizar tal como outras actividades e iniciativas pensadas por nós, ultrabeirões, relacionadas com a nossa Desportiva.

Vem outra vez ao de cima a falta de mobilização.

Clicando nos links correspondentes a cada um dos escalões de formação, poderão ver as tabelas classificativas, publicadas no site da Associação de futebol da Guarda.

Viva a ADFA !

2 comentários:

al cardoso disse...

Embora longe e so mentalmente, estou convosco incondicionalmente.
Viva a ADFA, viva Fornos e todos os fornenses.

Uma feliz Pascoa para todos.

Alexandre Lote disse...

Fantastico texto! Parabens...

Infelizmente para mim já não faço parte dos escalões jovens, mas sim do escalão senior! No entanto consegui lá chegar fruto dos muitos sacrificios que tenho vindo a fazer e não me arrependo absolutamente nada de os ter feito!

Vou deixar apenas algumas deixas que talvez ajudassem na evoluçãodepartamento juvenil:

1- Relação mais próxima com a escola, por forma a garantir um melhor acompanhameno dos miudos.

2- Envolver cada vez mais os pais neste processo de formação futebolistico e de personalidade dos jovens

3- Incentivar os miúdos por forma a lhes mostrar que devem ser eles os primeiros a fazer propaganda aos seus jogos

4- Ajudar os miudos nos problemas relacionados com os estudos e ensiná-los a superá-los!

Ficam algumas ideias...na certeza de que muito há a fazer!